Login para sua conta

Usuário *
Senha *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com asterístico (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Repetir senha *
E-mail *
Repetir e-mail *
Captcha *
Reload Captcha

Comércio não essencial volta a funcionar com dias alternados em Betim Destaque

Foto: Ronaldo Silveira/O Tempo Foto: Ronaldo Silveira/O Tempo

A Prefeitura de Betim anunciou nesta quinta-feira (13), que o comércio não essencial poderá voltar a funcionar na cidade a partir desta sexta (14), em esquema de revezamento, como já foi feito anteriormente. De acordo com o decreto, essas atividades poderão abrir de segunda a sábado, das 10h às 16h, com parte dos setores funcionando em dias pares em uma semana e, na semana seguinte, em dias ímpares. A medida vale até o próximo dia 29. O funcionamento das atividades essenciais não sofreu alterações.

"Nós já estávamos funcionando nesse esquema de revezamento antes que o Estado intervisse e a Justiça bloqueasse nossas ações (obrigando os municípios a aderirem ao programa estadual Minas Consciente). Mas onseguimos uma aprovação agora do Estado para trabalhar o comércio não essencial de segunda a sábado, das 10h às 16h, em dias alternados. Esse horário é uma medida importante para evitar aglomerações no transporte público nos horários de pico. Já as atividades essenciais continuam a funcionar da mesma forma que estavam. Pedimos a todos que sigam as regras de segurança, como distanciamento, uso de álcool, higienização dos espaços, restrição de pessoas, tapetes sanitizantes e uso do termômetro", disse o prefeito Vittorio Medioli (PSD) em suas redes sociais.

Em relação aos shoppings, as atividades essenciais podem abrir todos os dias. Já os setores não essenciais deverão seguir também o revezamento do comércio, funcionando também das 10h às 16h. Os camelódromos também deverão seguir a escala de alternância, intercalando uma porta aberta e outra fechada.

As feiras livres que funcionarem apenas um dia da semana deverão adotar o regime de revezamento das barracas, sendo metade das barracas em um dia da semana e a outra metade na semana subsequente. Templos religiosos continuam como estavam antes: apenas três dias na semana, e com restrição de fiéis.

Pessoas com sintomas gripais não poderão entrar nos comércios, assim como pessoas de grupos de risco, como idosos.

Poderão funcionar nos dias 14, 18, 20, 22, 24, 26 e 28 de agosto, das 10h às 16h, os seguintes estabelecimentos:
I - lojas de móveis e eletrodomésticos;
II - relojoarias, lojas de acessórios, joalherias e perfumes;
III - livrarias;
IV - academias, os centros de ginástica e demais estabelecimentos de condicionamento físico;
V - lojas de artigos de presentes e festas;
VI - lojas de venda de colchão;
VII - lojas de equipamentos de áudio e instrumentos musicais;

Já nos dias 15, 17, 19, 21, 23, 25, 27 e 29 de agosto, poderão funcionar, seguindo o mesmo horário:
I - lojas de departamentos, roupas, confecções e calçados;
II - clínicas de estética, pedóloga, pilates, barbearia, salões de beleza;
III - certificadoras digitais;
IV - docerias e biscoitarias;
V - tabacarias;
VI - lojas de artigos de esportes;
VII - lojas de artigos religiosos;
VIII - serviços de lan-house;
IX - demais ramos não especificados e não proibidos neste Decreto.

Avalie este item
(1 Votar)
Última modificação em Sexta, 14 Agosto 2020 15:05

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Betim tintas